Páginas

quarta-feira, 28 de julho de 2021

Desistência total ou parcial CI/RR

Encontra-se disponível a aplicação eletrónica que permite ao docente proceder à desistência total ou parcial de contratação inicial (CI) e da reserva de recrutamento (RR), das 10:00 horas do dia 28 de julho até às 18:00 horas do dia 30 de julho de 2021 (hora de Portugal continental).

Consulte a nota informativa.

terça-feira, 27 de julho de 2021

Publicação da Lista Provisória do procedimento para a celebração de contratos de associação 2021


Encontra-se publicada a lista provisória do procedimento para a celebração de contratos de associação 2021.

Indicação da Componente Letiva (2.ª fase) / Necessidades Temporárias (pedido de horários)

 



Encontra-se disponível a aplicação que permite às escolas procederem à atualização da identificação dos docentes aos quais já é possível atribuir componente letiva (retirá-los da situação de ausência de componente letiva), bem como proceder ao pedido de horários, das 10:00h do dia 27 de julho até às 18:00h de Portugal continental do dia 29 de julho de 2021.

Consulte a nota informativa.

Nota Informativa

sexta-feira, 16 de julho de 2021

Thamnophis sirtalis infernalis: a cobra mais bonita do mundo

A indescritível cobra-liga vermelha da Califórnia é frequentemente descrita como uma das cobras mais bonitas do mundo. 

A cobra-liga vermelha da Califórnia (Thamnophis sirtalis infernalis) é uma subespécie da cobra-liga comum.

A maioria destas cobras tem um padrão de listas azuis num fundo preto e vermelho. O seu tamanho médio é de cerca de 55 cm, mas podem chegar a medir pouco mais de um metro.

As cobras-liga comuns são nativas apenas da região neoártica. Estão presentes em grande parte da América do Norte, embora sejam pouco comuns no árido sudoeste dos Estados Unidos.

A Thamnophis sirtalis infernalis apresenta um padrão básico de três faixas, incluindo listas amarelas ou azuis sobre um corpo principalmente vermelho, com uma fileira de pontos pretos ou manchas aparecendo num padrão semelhante a uma faixa.

Esta subespécie apresenta uma cabeça laranja ou vermelha e pode variar significativamente na aparência com base na localização geográfica da cobra.

A cobra-liga vermelha da Califórnia é uma cobra delgada, mais pequena e mais leve que a cobra-cobra de São Francisco. As fêmeas atingem tipicamente 90 a 100 cm, enquanto os machos atingem 65 a 75 centímetros e são mais magros que as fêmeas.

As cobras-ligas foram consideradas por muito tempo não-venenosas, mas alguns estudos cientificos no início dos anos 2000 revelaram que produzem um veneno neurotóxico.

Apesar de serem venenosas, a pequena quantidade de veneno que produzem não é suficiente para ferir ou matar um ser humano.

https://greensavers.sapo.pt/thamnophis-sirtalis-infernalis-a-cobra-mais-bonita-do-mundo/

domingo, 11 de julho de 2021

A Terra e os seus subsistemas


O sistema Terra  é também formado por sistemas menores:

a geosfera, porção mineral e maioritariamente sólida do Planeta;

a hidrosfera, que inclui toda a água (nos diferentes estados físicos) existente na Terra;

a atmosfera, camada gasosa que envolve a Terra;

a biosfera, conjunto de todos os seres vivos e dos seus ambientes.

Os subsistemas da Terra são dependentes entre si. Por exemplo, a ação das chuvas ácidas(hidrosfera), formadas devido aos gases libertados (atmosfera) pela intensa atividade vulcânica (geosfera) e de outros elementos atmosféricos (atmosfera), possibilitou a meteorização das rochas (geosfera), a erosão e a formação da componente mineral dos solos(geosfera), o que, por sua vez, permitiu progressivamente a colonização do ambiente terrestre (geosfera) por parte dos fungos, das plantas e, posteriormente, dos animais(biosfera).

domingo, 4 de julho de 2021

A Terra e os seus subsistemas

Um sistema é um conjunto de componentes que se relacionam entre si e que, em conjunto, funcionam como uma unidade. Podem ser classificados, de acordo com as trocas que efetuam com o exterior, em sistemas isolados, fechados ou abertos. A Terra pode ser considerada um sistema fechado, pois troca energia como exterior, sendo insignificantes as trocas de matéria.

A Terra é um constituinte do Sistema Solar e, por sua vez, faz parte de um sistema maior, a galáxia — Via Láctea —, que, juntamente com outras galáxias, forma um enxame, o qual, com outros enxames, constitui um sistema mais amplo, o Universo.

domingo, 27 de junho de 2021

A importância do efeito de estufa

Alguns fatores determinantes para o desenvolvimento e evolução  das formas de vida terão sido a baixa amplitude térmica (diferença entre o valor máximo e o valor mínimo da temperatura) e a temperatura média, que permite a existência de água no estado líquido. Para estes fatores contribuem a distância  da Terra ao Sol e a existência de efeito  de estufa moderado. Alguns dos gases  da atmosfera terrestre (CO2 e vapor  de água, por exemplo) possibilitam  que a radiação solar refletida pela  Terra não seja totalmente libertada para o espaço, retendo-a junto  da superfície.  Sem o efeito de estufa, a temperatura  média da Terra desceria cerca de 30 ºC, pois, durante a noite, a face da Terra não iluminada pelo Sol teria uma queda brusca  da temperatura.

domingo, 20 de junho de 2021

Cartaz LIFE Estepárias - Conservação da Abetarda, Sisão e Peneireiro-das-torres nas estepes cerealíferas do Baixo Alentejo

 


A evolução da atmosfera terrestre

A atmosfera terrestre primitiva era muito diferente da atual - os valores de dióxido de carbono e de vapor de água eram muito  elevados, e o oxigénio estava ausente. O desenvolvimento de formas de vida fotossintéticas (bactérias que realizavam fotossíntese) tornou gradualmente possível a redução dos níveis de dióxido de carbono e o aumento de oxigénio atmosférico. Este aumento permitiu, posteriormente, que alguns dos átomos de oxigénio reagissem entre si, produzindo o  ozono, e formassem a chamada «camada de ozono», filtrando as radiações solares ultravioleta nocivas para a maioria dos seres vivos atuais.

A atmosfera atual é constituída por nitrogénio (78 %) e oxigénio (21 %), apresentando quantidades muito reduzidas de outros gases, nomeadamente de dióxido de carbono e de vapor de água.

A presença de oxigénio na atmosfera permitiu depois a evolução  para formas de vida mais complexas, devido à utilização deste gás  na respiração.

domingo, 13 de junho de 2021

Cartaz LIFE Estepárias

 


As condições para a vida na Terra

A existência de vida no nosso planeta deve-se a um conjunto de condições que permitiu a formação das primeiras formas de vida e, ao longo do tempo, o desenvolvimento de formas mais complexas:

A existência de uma fonte de luz e calor, o Sol, é essencial, direta e indiretamente, a todos osseresvivos.

A distância da Terra ao Sol(cerca de 150milhões de quilómetros) garante temperatura amena, compatível com a vida, e que permite a existência de água nos três estados físicos (sólido, líquido e gasoso).

A composição da atmosfera permite:

— o efeito de estufa, que possibilita baixa amplitude térmica;

— a proteção da radiação ultravioleta proveniente do Sol, devido à camada de ozono;

— a proteção parcial da superfície terrestre do bombardeamento por meteoritos.

A dimensão e a constituição da Terra possibilitam a existência da atmosfera, a tectónica ativa e a existência do campomagnético, que evita que a superfície terrestre seja atingida pelos ventos solares, que impossibilitariam a vida.

A existência de planetas gigantes protege a Terra do impacto de corpos celestes.

A presença da Lua favorece a estabilidade do clima, fundamental para o desenvolvimento e a evolução das formas de vida