segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Busca de vida em lago subglacial na Antártica


Aproveitando a luz de Sol de dia e noite, do mês de Dezembro na Antártica, investigadores britânicos lançaram uma expedição para recolher amostras de um lago isolado do mundo pelo gelo.

Investigadores britânicos deram início a uma expedição na Antártica para procurar vida num lago isolado há milhões de anos por baixo da camada de gelo com três quilómetros de espessura. A equipa instalou acampamento por cima da camada de gelo do lago Ellsworth para aproveitar o sol de 24 horas diários desta região no mês de Dezembro. 

Nos próximos dias irão perfurar o gelo, com ajuda de água quente, até chegarem ao lago subglacial e recolher amostras de água e de sedimentos que podem ter estado isolados do resto do mundo ao longo de milhões de anos e pelo menos 100 mil anos. 

Encontrar formas de vida em ambientes extremamente inóspitos, comparativamente com os consideramos apropriados para a existência de vida, é desde logo uma prioridade deste projecto e que permitira trazer mais dados novos para a compressão da existência de vida, não só na Terra como para outros planetas.  

O lago Ellsworth é um de 360 lagos subglaciais da Antártica, formados quando o calor do interior do planeta derreteu a base do glaciar. Estes lagos têm condições de oxigénio nulas, fraca disponibilidade de nutrientes, escuridão total e um intensa pressão. 

Mas para além das eventuais formas de vida, os investigadores pretendem recolher grandes quantidades de informação como dados da alteração do ambiente ao longo do tempo através dos sedimentos a recolher.  

Fonte: Nuno Leitão/Gaurdian
Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos ...