segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Níveis de Organização Biológica

Os seres vivos são caracterizados por possuirem: 
composição química mais complexa; 
organização celular; 
capacidade de nutrição, absorvendo matéria e energia do ambiente, para se desenvolverem e manterem as suas funções vitais; 
reacção a estímulos do ambiente; 
capacidade de manterem o seu meio interno em condições adequadas, independentemente dos factores externos, como o calor e o frio; 
crescimento e reprodução; 
capacidade de se modificarem ao longo do tempo, através do processo da evolução, desenvolvendo adaptações adequadas à sobrevivência. 

Níveis de organização biológica 
A matéria viva é constituída por átomos, que se agrupam para formar moléculas. Estas, por sua vez, combinam-se dando origem a organitos celulares, que, no seu conjunto, constituem a célula, que é a unidade básica da vida. Os seres vivos mais simples são constituídos por uma única célula – organismos unicelulares – enquanto que outros são constituídos por muitas células – organismos pluricelulares ou multicelulares. Nestes, as células semelhantes encontram-se agrupadas em tecidos. Vários tecidos associam-se e formam órgãos, os quais se agregam, actuando em conjunto para a realização de determinadas funções, constituindo os sistemas de órgãos. Os diversos sistemas de órgãos cooperam entre si constituindo um organismo. O conjunto de indivíduos de uma mesma espécie que habita numa determinada região e num determinado período de tempo constitui uma população. O conjunto de populações diferentes que coexistem numa determinada região e que interactuam ente si constituem uma comunidade biótica ou biocenose. As relações entre a biocenose e o ambiente formam os ecossistemas. Finalmente, o conjunto de todos os ecossitemas da Terra constitui a biosfera.


Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos ...

Arquivo do blogue